Jornal da Ordem
Rádio OABRS
Twitter
Facebook
Istagram
Flickr
YouTube
RSS

26.10.20

Saúde Mental da Mulher - Ansiedade


É hora de falar sobre a saúde mental da mulher.

 

Você sabia que as mulheres possuem o risco de desenvolverem um transtorno de ansiedade maior que os homens? Ou que existem particularidades na forma como esse tipo de adoecimento se manifesta na mulher?

As pesquisas – que ainda não são muitas sobre o tema – mostram que a chance de a população feminina vir a apresentar, em algum momento da vida, um transtorno de ansiedade é, impressionantemente, maior que o observado na população masculina.

Em alguns tipos de transtornos ansiosos o índice que acompanha as mulheres chega a ultrapassar o dobro do verificado em homens (sim, o do-bro!), como você pode ver a seguir:

● Síndrome do Pânico: 2,9% para homens x 7,7% para mulheres.

●Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG): 3% para homens x 6% para mulheres.

●Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT): 6,2% para homens x 12,5% para mulheres.

●Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC): 2% para homens x 3,1% para mulheres.

●Fobia Social: 11,1% para homens x 15,6% para mulheres.

 

As particularidades do transtorno de ansiedade na mulher

O que diferencia as mulheres dos homens no quesito transtorno de ansiedade não é apenas a probabilidade maior de virem a desenvolver tal tipo de adoecimento. Tem muito mais coisas envolvidas que as mulheres precisam saber.

Uma delas é que mulheres apresentam os sintomas ansiosos de forma mais grave. Isto é, cada sinal corporal, psicológico, comportamental e emocional tende a ser sentido de forma mais intensa e a trazer mais sofrimento e prejuízos ao seu cotidiano.

Ainda, as mulheres apresentam, com mais frequência, uma ou mais comorbidades psiquiátricas quando comparadas aos homens.

Comorbidade? O que é isto? Comorbidade psiquiátrica é quando uma pessoa possui um diagnóstico de algum transtorno mental e descobre que, juntamente com ele, apresenta outro tipo de adoecimento psiquiátrico. É o caso, por exemplo, de uma mulher com Transtorno Obsessivo-Compulsivo que é também diagnosticada com depressão. Na prática, essa pessoa vai precisar lidar com as dificuldades e com o sofrimento que acompanham cada um dos diagnósticos.

Boa notícia: A mulher não precisa enfrentar esse sofrimento sozinha. Os profissionais da saúde mental especializados nas questões femininas estão à disposição para ajudá-la. E como é que se trata?

O tratamento de um Transtorno de Ansiedade é, via de regra, feito com o acompanhamento de um psicólogo(a), no processo de psicoterapia (a famosa “terapia”). Nesse tipo de intervenção, a mulher consulta com o profissional com recorrência e pode conhecer o seu quadro ansioso: quais os gatilhos para ele e como aprender a lidar com todos os sintomas envolvidos na forma singular com que sua ansiedade é manifestada no dia-a-dia. Cada caso é um caso e todas as conduções e orientações podem variar, por isso é importante buscar o psicólogo e ele irá cuidar da sua situação.

E aproveitamos para dar uma dica valiosa: é importante buscar um(a) profissional capacitado(a), que conheça sobre as especificidades da ansiedade feminina.

O Psicologia Viva, plataforma de cuidado com a saúde mental e autoconhecimento, têm profissionais capacitados para cuidar especificamente da mulher. Já conferiu o catálogo de especialistas?

É só agendar uma consulta online e conversar com um psicólogo pela própria plataforma, de onde estiver e 24h por dia.

Cuidem-se, mulheres. Cuidem umas das outras e ajudem quem está próximo. Indique a terapia, faça também e cuide da sua saúde mental.

Acesse o site aqui.

Fonte: Psicologia Viva

Encontre um Conveniado
Publicações Relacionadas
REDE DE
PROFISSIONAIS
COMO FUNCIONA
CAA/RS SAUDEMENTAL
Categorias
SERVIÇOS
BOLETIM INFORMATIVO. CADASTRE-SE!
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Istagram
Facebook
Twitter
Flickr
JORNAL DA ORDEM
Jornal da Ordem
MAPA DO SITE
Abrir

CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS ADVOGADOS DO RIO GRANDE DO SUL

Rua Washington Luiz, 1110, 5º andar - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS | (51) 3287.7498 | presidencia@caars.org.br

Envie uma mensagem    |    Mapa de localização

© Copyright 2021 Caixa de Assistência dos Advogados do Rio Grande do Sul    |    Desenvolvido por Desize